sábado, 12 de fevereiro de 2011

Sem limites...





















Expressar-me...
Dizer uma só palavra...
Simplesmente sorrir...
Quero mas não consigo...
Sinto que em mim há um vazio que me impede de tudo...
Ausência de sensações...
Inexistência de emoções...
Parece que estou sufocado...
Mãos atadas...
Boca tapada...
Será que o que vejo ainda é real?
Um buraco negro em mim...
Eu num buraco negro?
Quero...
Escrever...
Falar...
Sorrir...
Ver...
Sentir...
Tocar...

QUERO VIVER...

Sem limites, sem barreiras...

4 comentários:

Sopro Vida Sem Margens disse...

que por entre a palavra que não consegue dizer...se despolete um sorriso com vontade de Viver...

Um beijinho
da
Assiria

CoisasDaGaja disse...

Sem limites é utópico mas sem barreiras é possível! Muitas das vezes as barreiras estão em nós! :)

Bom fim de semana amigo :)

Ana Ferreira disse...

Gostei :)


está lindo ^^

Viagem Sem Retorno disse...

Gostei...

Aproveito para deixar o endereço do meu blog http://viagemsemretorno.blogspot.com/