quarta-feira, 29 de junho de 2011

um sonho...



















sinto-te deslizar em mim...

suavidade do teu toque...

a intensidade que me abraça...

os meus olhos fechados teimam em não se abrir...

quero viver este momento como se fosse o ultimo...

aquele, unico e ultimo travo de oxigénio...

és a sombra que me persegue...

a minha loucura mais intensa...

secreta e louca...

ver-te era o que queria...

tocar-te, o meu desejo...

como te reconhecer?

és um sonho que vivo de olhos fechados...

queria sonhar-te ao vivo e a cores...

pintar em ti o arco-iris...

não sei quem és...

não sei como serás...

como te terei?

que preciso fazer para viver um sonho?


1 comentário:

FABIANO disse...

muito lindo. a emoção as vezes nos toca tão profundo que escrevemos indas frases. parabéns