domingo, 29 de maio de 2011

Tu, a minha guitarra...

















És a minha guitarra...
Em ti,
tenho as minhas tristezas,
alegrias...
Quero-te poder afinar,
para que as melodias saiam perfeitas...
Suavemente passar os meus dedos em ti,
como acaricio as cordas...
Eu e tu como que um só...
Que os nossos corpos se traduzam,
num fado triste carregado de amor...



2 comentários:

carpekurtdiem disse...

Lindooooooooooooooooooooo!

Ana Ferreira disse...

Entras no meu desafio?? :)

http://desafiote-desafiarme.blogspot.com/