quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Raiva, Dor, Lágrimas e Incertezas...

Este texto hoje..

É uma espécie de déjà vu...

Para quem sabe e conhece um pouco mais de mim, sabe que tive um outro blog, e exactamente à dois anos atrás, dia 24 de Dezembro, a receber um telefonema que me deixou na merda...
Fez-me chorar, de raiva, dor e incertezas...
Tudo em consequência de factos antigos que ainda hoje, felizmente ou infelizmente ainda se mantêm...
Felizmente,
porque devido a eles, me tenho tornado diferente...
Consigo enfrentar aqueles me apenas querem o meu mal, ou que não se preocupam com o meu bem estar...
Infelizmente,
porque devido a isso, não tenho podido ser eu.
Não tenho sido o pai que a minha filha merece e precisa...

Sou neste momento uma pessoa fraca, insegura e triste...

Voltando ao texto,
tudo isto acontece apenas por causa de uma pessoa.
Aquela pessoa que tem nome, pelo qual a deveria chamar, mas não o faço porque durante muitos anos me foi "apresentado" como pai.
Porque sinto que não me é nada mais senão neste momento uma pessoa que me procura quando precisa, que deixa de me falar e ainda é capaz de dizer que sou eu que me afasto...

Peço desculpa,
isto está confuso, acredito, mas nem imaginam como me está a custar escrever isto neste momento.
Apenas o faço, porque é nas palavras que consigo encontrar paz.

deixo aqui um link de um texto que não é novo, podem ver pela data, mas o seu contexto, é tão real, tão presente...

http://bbb.blogs.sapo.pt/27060.html

Não consegui meter nenhuma foto...
Pois podia meter 1000 e não conseguiria em todas elas demonstrar a minha raiva, dor e lágrimas...

Desculpem, esta deveria ser uma mensagem de natal, de boas festas, mas...

2 comentários:

Rosy disse...

Ola.. antes de mais, espero que tenhas passado um Ntal da melhor forma possivel com aqueles que te amam.. e te desejar que 2010 te traga esperança e força para superar!

Quanto a este post, quero te dizer que entendo muito bem aquilo que sentes e passas, embora seja mais nova, infelizmente! E que tens de ver o lado positivo, que ao menos nao te fez mal, apesar da indeferencia em relaçao a ti, digo eu..
E que pela lógica, quem ira precisar mais é ele...
e aconselho-te a falar e desabar isso com ele como duas pessoas.. pai e filho!! Pode ser que melhore alguma coisa..
Desejo-te uma boa continuação...
* Beijinhos Natalicios *

pedacinho de céu disse...

Entendo que não deve ser fácil para ti.
Apenas o tempo poderá mostrar se haverão mudanças ou não.
Para ti deve contar é o que sentes e farás com o teu tesouro.
Aquele sorriso e vivacidade que é tambem fruto de ti.
Apoio e carinho de amiga!